Discurso Relatado na Atividade Médica

Marcos A. M. Vieira

Resumo


Compreendendo o trabalho médico na perspectiva da linguagem como atividade, estudamos as dificuldades de diálogo entre infectologistas e pacientes de AIDS objetivando deslindar os usos discursivos que possibilitam a efetivação dessa prática. Apoiados nas noções bakhtinianas de dialogismo e gêneros do discurso, tomamos como instrumento de análise o discurso relatado. O discurso direto descreve a atividade, o indireto argumenta e negocia um “consenso” discursivo e os híbridos de citação possibilitam uma renormalização da atividade no campo discursivo. Os resultados indicam a reatualização de uma prática de trabalho no campo empírico e apontam para a construção de um gênero discursivo da atividade.

Palavras-chave


atividade; citação; dialogismo; gênero

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM