A crítica de Murilo Mendes em cartas para Guilhermino Cesar

Luciano Rodolfo, Lúcia Sá Rebello

Resumo


Neste artigo analisamos alguns trechos da correspondência inédita de Murilo Mendes (1901 – 1975) enviada a Guilhermino Cesar (1908 – 1993) no final dos anos 1920. São postos em relevo alguns temas recorrentes nas missivas, sobretudo aqueles que tratam do cotidiano do poeta mineiro no estado do Rio de Janeiro, bem como as críticas substantivas, incipientes e quase que despretensiosas que Murilo propunha em suas cartas seja sobre os textos que Guilhermino Cesar lhe enviava, seja sobre a obra de coetâneos seus como, por exemplo, Mário de Andrade (1893 – 1945).

Palavras-chave


Murilo Mendes, cartas, crítica

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em: