Presentificando o narrado: a dramatização da linguagem em fazendo Ana Paz de Lygia Bojunga

Marta Yumi Ando

Resumo


Focalizando a narrativa juvenil brasileira Fazendo Ana Paz (1991) de Lygia Bojunga, o presente estudo propõe-se a analisar a feição dramática, responsável por conferir acentuada dinamicidade ao texto, em virtude da presentificação dos eventos narrativos e do consequente efeito de proximidade gerado na interação texto/leitor.

Palavras-chave


Literatura juvenil brasileira, dramatização, Lygia Bojunga.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em: