A voz em negativo: ter infância, experiência, Agamben

Sandro Maio

Resumo


O estudo que segue buscará tocar alguns pontos da reflexão do pensador italiano Giorgio Agamben pela árdua relação experiência-infância no ensaio Infância e História. Ensaio sobre a destruição da experiência (1978). Para isso, buscaremos em outras fontes propositivas partes, trechos, fraturas que permitam uma leitura que se aproxime das formulações conceituais do autor. Assim, pontos dialogais buscarão possibilidades em resíduos de outros escritos (do autor, de outros autores, da crítica). Após o estudo abre-se o negativo, seção que recolhe algumas imagens limiares da escrita de Agamben. Preferimos separar do estudo específico para que seu transbordamento se dê
além da própria intenção aqui colocada.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em: