Olhares sobre as tintas da poesia: uma leitura da escrita ensaística de Albano Martins

Jorge Valentim

Resumo


Este artigo tem como objetivo ler os ensaios produzidos sobre a poesia portuguesa pelo poeta Albano Martins, participante da geração de Árvore e uma das vozes mais produtivas do cenário português contemporâneo. Baseados na concepção de "afetividade poética", de António Ramos Rosa, a nossa leitura procura privilegiar as afinidades estabelecidas por vínculos que vão desde a familiaridade de correntes estéticas à transposição de tais idéias no universo da escrita ensaística. A partir de A letra e as tintas, de Albano Martins, procuraremos verificar a expansão do seu pensamento poético e a convivência na expressão de sua crítica sobre as correntes poéticas e os autores analisados.

Palavras-chave


Poesia portuguesa contemporânea; Ensaio; Crítica

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em: