A dramaticidade urbana no Passageiro do fim do dia, de Rubens Figueiredo

Darlan Santos, Jacques Fux

Resumo


Este artigo tem como objetivo articular as possíveis relações entre as diversas histórias contidas no livro Passageiro do fim do dia, de Rubens Figueiredo, com algumas teorias críticas acerca do território, do espaço e da dramaticidade urbana, encontradas em Guattari, Rolnik, Baudelaire, Benjamim e Perec.

Palavras-chave


Passageiro do fim do dia; Espaço urbano; Dramaticidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em: