História do Ensino de Histologia

Ana Margarida Calado

Resumo


Resumo

O termo "histologia" surgiu pela primeira vez em 1819 num livro do autor anatomista e fisiologista alemão Karl Meyer, com a sua origem nos estudos microscópicos de estruturas biológicas descritas pelo médico italiano Marcello Malpighi no século XVII. A histologia é a ciência que estuda a organização dos tecidos do corpo e é uma componente fundamental da educação em medicina. Desde o seu início no século XVIII, a histologia progrediu de mãos dadas com os avanços na área da microscopia, das tecnologias microscópicas, incluindo a preparação de amostras biológicas, colorações e imunohistoquímica. Desde a formulação da teoria celular em 1839, as universidades de medicina iniciaram o ensino desta ciência em estreita conexão com a fisiologia. Em Estrasburgo, entre 1846 e 1871, foi desenvolvida e organizada uma escola de histofisiologia. O microscópio e o estudo dos tecidos foram considerados como uma abordagem fundamental para o progresso do conhecimento biológico e médico desde o século XIX até hoje. Atualmente, o uso de microscopia virtual é uma realidade aceite e muitas vezes integrada no ensino de histologia. Em comparação com os métodos tradicionais, a utilização do microscópio virtual nos novos curricula permite que as instituições de ensino em medicina lecionem o mesmo conteúdo programático poupando material, recursos e tempo.

Palavras-chave: histologia; microscópio; ciência; ensino

Abstract

The term "histology" first appeared in a book of 1819 written by the German anatomist and physiologist Karl Meyer, tracing its origins to the microscopic studies of biological structures of the seventeenth century by the Italian physician Marcello Malpighi. Histology is the science that provides the adequate learning of the tissue organization of the body, and is a fundamental part of medical education. Since its beginning in the 18th century, the discipline of histology has progressed hand in hand with the advancements in microscopy and microscopic technologies, including techniques for the preparation of biological samples, staining and immunohistochemistry. Since cell theory was formulated in 1839, medical universities have given rise to the teaching of this science in close connection with physiology. Between 1846 and 1871 a histophysiological school was organized in Strasbourg. The microscope and the study of tissues were considered as a fundamental approach for the progress of biological and medical knowledge from the nineteenth century to the present day. Nowadays, the use of virtual microscopy is now an accepted and often integral part of teaching histology. Compared with traditional methods, the use of the virtual microscope in the new curricula allows medical institutions to teach the same programmatic content sparing material, resources and time.

Keywords: histology; microscopy; science; teaching


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2019v20espp455-466

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM