A história do melhoramento animal

Ângela Martins, Virgínia Santos, Mário Silvestre

Resumo


Resumo

A história do melhoramento genético animal acompanha a história da Humanidade, começando com a domesticação do primeiro animal, que terá sido o cão, ao qual se seguiram os bovinos, ovinos e todas as outras espécies que deram origem às raças domésticas da atualidade. Inicialmente a seleção de reprodutores era efetuada de forma empírica. No século XVIII R. Bakewell foi pioneiro na utilização de registos produtivos e testes de descendência. No final deste século começaram a ser estabelecidos os livros genealógicos de diversas raças. No século XIX, os avanços científicos protagonizados por C. Darwin e G. Mendel são fundamentais para que, na primeira metade do século XX se desenvolva a maior parte da teoria do melhoramento animal, com o contributo de vários investigadores (R. Fisher, S. Wright, J. Haldane). Jay Lush ficou conhecido como o pai do melhoramento animal moderno. Defendeu que em vez da aparência subjetiva, o melhoramento animal deve-se basear em conhecimentos da genética quantitativa e da estatística. Charles Henderson apresentou o método Best Linear Unbiased Prediction (BLUP) para a estimativa do valor genético aditivo e sugeriu a integração da genealogia completa da população para incluir as relações genéticas entre os indivíduos. A evolução dos computadores permitiu a implementação generalizada do BLUP no final da década de 1980. Nos últimos tempos T. Meuwissen e M. Goddard desenvolveram a forma de incorporar informação do ADN em grande escala no modelo animal para estimar os valores genómicos.

Palavras-chave: genética, melhoramento animal Abstract

The history of animal breeding follows the history of humanity, beginning with the domestication of the first animal, which was the dog, followed by the cattle, sheep and all other species that gave rise to the domestic breed of the present time. Initially the selection of breeders was carried out empirically. In the eighteenth century R. Bakewell pioneered the use of records of performance of animals and progeny testing. At the end of this century herdbooks of various breeds began to be established. In the 19th century, the scientific advances made by Darwin and Mendel are fundamental for the, in the first half of the 20th century, development of most animal breeding theory with the contribution of several researchers (R. Fisher, S. Wright, J. Haldane). Jay Lush became known as the father of modern animal breeding. He argued that instead of subjective appearance, animal breeding should be bas

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2019v20espp106-114

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM