Avaliação da expressão e amplificação da família do receptor de fator de crescimento epidérmico em colangiocarcinomas

Maria Olívia Ferreira Begnami

Resumo


Introdução: Colangiocarcinomas são neoplasias agressivas de origem no epitélio dos ductos biliares intra ou extra-hepáticos. Apresentam prognóstico sombrio e os esquemas usuais de quimioterapia geralmente mostram pouco benefício clínico. O tratamento com drogas antagonistas dos receptores de crescimento epidérmico tem apresentado boa resposta clínica no tratamento de carcinomas de origem em outros sítios como mama, pulmão e estômago. Poucos estudos prévios de literatura mostram a expressão ou amplificação dos genes desta família nos colangiocarcinomas. Objetivos: O objetivo deste estudo é determinar a frequência de expressão e amplificação dos genes da família dos receptores de crescimento epidérmico (EGFR, HER2, HER3 e HER4) nos colangiocarcinomas diagnosticados e tratados no Hospital AC Camargo através de imunoistoquímica e hibridização in situ (FISH) e determinar possíveis correlações com achados clínicos e histopatológicos. Material e métodos: As reações imunoistoquímicas e de FISH estão sendo realizadas de acordo com os protocolos já estabelecidos no laboratório de imunoistoquímica e FISH do departamento de anatomia patológica do Hospital AC Camargo em lâminas representativas do tumor de 40 pacientes com diagnóstico de colangiocarcinoma no período de 1980 a 2006. A interpretação dos resultados segue as recomendações do fabricante e dos protocolos de interpretação do HER2 previamente estabelecidos para tumores de outras localizações. Resultados esperados: Espera-se com este estudo determinar a frequência de expressão e amplificação de EGFR, HER2, HER3 e HER4 e possíveis correlações com achados clínicos e histopatológicos dos colangiocarcinomas, identificando assim possíveis fatores prognósticos e alvos terapêuticos.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.