Eritema polimorfo farmacoinduzido: relato de caso

Lais Orosco Bialon Santana, Carolina Ando Matsuno, Cassiano Tamura Vieira Gomes

Resumo


Introdução: Farmacodermias são queixas comuns devendo ser diferenciadas para o tratamento e a investigação precoce de complicações. O eritema polimorfo é uma doença inflamatória caracterizada por lesões em alvo que permanecem fixas por mais de 6 dias. As etiologias são medicamentosa (anticonvulsivantes, antibióticos e anti- inflamatórios) e infecções, sendo o vírus herpes o mais relacionado. Classificado na forma minor, associado a infecções, sem sintomas sistêmicos ou lesões mucosas, e major, com padrão inflamatório e mucoso, considerado forma leve da síndrome de Stevens-Johnson. O diagnóstico é clínico e histopatológico. Relato de Caso: Paciente epilética, com diagnóstico de infecção de via aérea há 12 dias tratada com amoxicilina, ibuprofeno, ácido acetil salicílico e loratadina. Após 10 dias, apresentou edema, prurido, eritema, e bolhas por todo corpo, acompanhadas de febre, dispnéia e odinofagia, além de uma convulsão tônico clônica com perda da consciência. Devido à epilepsia, fazia uso de fenobarbital, o qual foi ajustado há 3 dias (50mg para 100mg/dia). Feito diagnóstico, feito hidrocortisona IV, dipirona e cuidados de suporte. Evoluiu com leucocitose e aumento de PCR, introduziu-se ceftriaxona e aciclovir. Houve em uma semana, melhora das lesões cutâneas e estado geral da paciente. Conclusão: As principais causas de farmacodermias são anticonvulsivantes e anti- inflamatórios, usados pela paciente. Alguns medicamentos estão mais associados à certos padrões de lesão, colaborando para o diagnóstico, confirmado através da biopsia cutânea. Frente aos quadros de eritema, as farmacodermias devem ser aventadas como importante diagnóstico diferencial. O fator causal deve ser identificado a fim do tratamento adequado e diminuição da morbidade.


Palavras-chave


farmacodermia; eritema polimórfico

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.