A PERCEPÇÃO DOS ATUAIS E FUTUROS GESTORES DA REGIÃO DO TRIÂNGULO MINEIRO SOBRE AS PRÁTICAS DE CORRUPÇÃO NO COTIDIANO E NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL

Denilson Aparecida Leite Freire, Renata Monteiro Martins, Vitória Rezende Lopes

Resumo


Este estudo analisou a percepção dos atuais e futuros gestores em relação às diferentes condutas ilícitas cotidianas e organizacionais, classificando-as em corrupção branca (jeitinho), cinza (malandragem) ou preta (ato de corrupção). Foi realizada uma Survey com estudantes de universidades públicas e privadas da região do Triângulo Mineiro. Os resultados evidenciaram que 75,7% da amostra alegaram utilizar-se do "jeitinho" para se dar bem e que há uma maior rigor com atos corruptos (corrupção preta) nas organizações que nas situações cotidianas, classificadas como malandragem (corrupção cinza). Revelou, ainda, diferenças de percepção em relação aos dados demográficos.


Palavras-chave


corrupção; jeitinho brasileiro; malandragem

Texto completo:

PDF XML


DOI: http://dx.doi.org/10.20503/recape.v8i2.36069

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.