CIÊNCIA NA PRAÇA: UM DIÁLOGO COM A RESPONSABILIDADE E INOVAÇÃO NA PESQUISA

Karine Pinheiro de Souza, Rafael dos Santos da Silva, Pedro Ferraz de Abreu

Resumo


O texto apresenta os resultados da análise da experiência denominada de Ciência na Praça, realizada no Estado do Ceará, no primeiro semestre de 2017. O presente trabalho formulou como ponto de partida a seguinte indagação: - quais os desafios para a implementação da abordagem referente à Responsabilidade e Inovação na Pesquisa (RRI)? Em busca de respostas, estabelecemos como objetivo geral: explorar a ação ‘Ciência na Praça’, a partir da abordagem RRI. A metodologia concorreu para elaborar um estudo de campo de cunho descritivo, por meio da observação participante, questionário semiestruturado e nuvem de palavras para identificar percepções iniciais em relação à temática. Concluímos ser necessário repensar novas abordagens curriculares para a difusão do conhecimento, sendo a RRI um importante instrumento para superar a invisibilização, derrubar as assimetrias curriculares e promover engajamento por meio de diálogos participativos.


Palavras-chave


Responsabilidade e Inovação na Pesquisa. Pesquisa Participante. Ciência na Praça.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2018v16i2p315-340

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

  • Nacionais

CNEN LivRe        Periódicos CAPES        Educ@        IBICT

  •  Internacionais

Latindex        Dialnet      DOAJ      Google Acadêmico       REDALyC

SJLibrary.org            UNC University Libraries             WorldCat