Prevenção da pneumonia aspirativa em enfermaria geriátrico-gerontológica: descrição das condutas fonoaudiológicas

Juliana Paula Venites, Luís Roberto Ramos, Heloísa Suzuki, Elaine Palinkas Sanches, Gabriela de Luccia, Lúcia Serpentino Cortés, Tereza L. Bilton

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo descrever as condutas fonoaudiológicas estabelecidas no início da internação do paciente e relatar as modificações realizadas nestas condutas ao longo desta hospitalização. Para isso, foram estudados 63 pacientes, com variação de idade de 61 95 anos, os quais estiveram internados na enfermaria de geriatria entre o período de fevereiro a julho de 2000. Foram verificadas as condutas fonoaudiológicas iniciais estabelecidas (via alimentar, consistência da dieta, dependência alimentar, higiene oral, posicionamento durante alimentação e estimulação miofuncional), as modificações realizadas nestas condutas e seus motivos e a história de pneumonia aspirativa antes e durante a internação. A ausência de pneumonia aspirativa dos pacientes estudados pode indicar efetividade no acompanhamento fonoaudiológico, que, associado à atuação interdisciplinar, pode minimizar complicações e melhorar a qualidade de vida durante e após a internação.

Palavras-chave


prevenção, pneumonia aspirativa, enfermaria gerontológica.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.