Exibishow da intimidade e espetacularização do eu: a celebração do ordinário cotidiano da realidade

Cíntia Dal Bello

Resumo



SIBILIA, Paula (2008). O show do eu: a intimidade como espetáculo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 284 p.

Novas práticas culturais associadas ao uso de dispositivos tecnológicos de comunicação em rede configuram o contemporâneo fenômeno da exibição da intimidade e da celebração do ordinário cotidiano nas instantaneidades do tempo real. A crescente espetacularização do “eu” e o tom “confessional” dos múltiplos relatos autobiográficos sinalizam uma premente necessidade de validar a existência na transparência das telas; nesse contexto, a subjetividade manifesta sente-se legitimada no olhar mediatizado do outro e transforma-se em show.

Palavras-chave


subjetividade; visibilidade mediática; cibercultura; espetáculo; realidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM