O simbólico do idoso hospitalizado em enfermaria geriátrica: um estudo de caso

Renata Cambiano Zampieri, Kátia da Silva Wanderley, Maurício Miranda Ventura

Resumo


O presente estudo identifica e busca analisar o impacto da hospitalização na vida de uma pessoa idosa, em termos dos possíveis conflitos emocionais emergentes nesse contexto de hospitalização. Trata-se de um relato de experiência cujos dados de uma pesquisa de campo são analisados a partir de um referencial teórico psicanalítico, caracterizando-se como um estudo de caso durante o período de internação de paciente idoso em enfermaria geriátrica. Como resultado, aponta-se a importância da escuta diferenciada que o psicólogo deve disponibilizar em atenção aos pedidos verbais e não verbais do paciente internado, atendendo a seus pedidos (inconscientes) de socorro, às manifestações de seu simbólico enfim, de modo que o profissional possa dar guarida e encaminhamento a um intenso sentimento experimentado pelo doente em função do seu abandono pelos familiares, somado à experiência de luto em família e perdas significativas de várias ordens, consequentes à doença, e que se fazem presentes na fala desse paciente, ou mesmo ocultas, mas que lhe ocasionam anseios e angústia.


Palavras-chave


Idoso; Conflitos Emocionais; Hospitalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2013v16i4p251-260

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.