A Doença de Alzheimer: controvérsias, velhice e esquecimento na mídia impressa 1

Maria da Graça Bernardes e Silva

Resumo


Tendo como pressuposto a Doença de Alzheimer – uma doença cerebral degenerativa primária e de etiologia desconhecida que acomete potencialmente indivíduos acima de 65 anos de idade –, este artigo destaca a importância da divulgação científica no âmbito de um assunto que ainda é mistério para a ciência e para o jornalismo. A mídia impressa desempenha um papel importante na compreensão de significados, especialmente aqueles referentes ao risco de adoecimento. A Doença de Azheimer é analisada na cobertura jornalística feita por um jornal moderno, no caso a Folha de S. Paulo, no período de 2000 a 2005.
Palavras-chave: Doença de Alzheimer; divulgação científica; jornalismo e saúde;
idosos; memória.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.