O sujeito e o efeito da própria fala na afasia e na demência

Rosana Landi

Resumo


Este trabalho aborda uma questão suscitada pelo meu encontro com falas de sujeitos com demência e com afasia. Com Saussure, reconheço a enunciação da ordem própria da língua e assumo que a língua não é nomenclatura. Procuro fazer valer as leis de referência interna da linguagem, que deslocam o signo para o lugar de efeito de suas operações. Com base neste solo teórico, encontro nas “falas vazias”, falas plenas de uma verdade sobre a relação profunda e indissolúvel do sujeito com a linguagem.

Palavras-chave


Demência; Afasia; Linguagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2009v12i2p%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.