Mapeamento do conhecimento de professores sobre violência intrafamiliar

Geysa Machado Cascardo, Alex Eduardo Gallo

Resumo


A violência está presente em todos os contextos e ocorre de várias formas: física, psicológica, sexual e a negligência. O presente estudo buscou mapear o conhecimento que os professores possuem relacionados à violência intrafamiliar que se reflete no ambiente escolar. Participaram do estudo, 161 professores, da rede Estadual, de uma cidade do interior do Paraná, com turmas de 6º ao ensino médio. Foi utilizado um questionário em escala tipo likert. Dentre outros aspectos, verificou-se que os participantes eram mulheres (72%), com idades entre 23 e 66 anos, tempo médio de 17 anos de atuação e de formação, metade na área de humanas. Desses participantes, 46,6% afirmaram ter identificado algum caso de violência intrafamiliar. Quanto ao conhecimento sobre violência intrafamiliar, a maioria apresentou respostas esperadas em relação a: consequências no comportamento do aluno, características do agressor, informações para os professores, informações gerais sobre violência. Quando focalizadas as possíveis intervenções, as respostas esperadas foram escolhidas por 47,57% dos professores. Os resultados apontaram que professores tem conhecimento sobre a temática, contudo não sabem como intervir adequadamente.

Palavras-chave


Violência intrafamiliar, Professores, Escola

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.