A opção da Igreja Primitiva pela filosofia: o Deus da fé e o Deus dos filósofos em Joseph Ratzinger

Heber Ramos Bertuci

Resumo


O cristianismo é analisado nos dias de hoje com o argumento de que pertence ao campo mitológico. Joseph Ratzinger (1927 - ) contesta essa análise com uma tese de Agostinho (354 – 430), que classifica o cristianismo como parte da teologia natural, de acordo com a classificação das três teologias de Marcus Terentius Varro (116 – 27 a.C.). A tese de Agostinho confere ao cristianismo a base natural e não mítica, de acordo com as outras religiões da antiguidade. Esta é uma das razões pelas quais ainda hoje se pode ter certeza de que o cristianismo é essencial para a humanidade.

Palavras-chave


Joseph Ratzinger; Agostinho; Marcus Terentius Varro; Cristianismo

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REVELETEO está indexada em:

Presente nas seguintes Bibliotecas: