SINCRETISMO: UMA RELAÇÃO ENTRE O CATOLICISMO E AS RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS

Alan Christian Pedroso Martins, Pedro K. Iwashita

Resumo


A teologia como ciência reflete os fenômenos que, de certa forma constituem a experiência de fé da sociedade, isto é, olhar o mundo e os variados períodos da história com o auxílio das diversas ciências: a antropologia, as ciências da religião e a sociologia. Com o tráfico de negros do continente africano, vieram os diversos costumes vividos na África: a cultura, a religiosidade, os mitos africanos, a crenças nos Orixás, sendo que todos esses elementos constituíram o imaginário cultural brasileiro. Assim surge o sincretismo, como forma de resistência e sobrevivência de fé. A Igreja, com o Concílio Vaticano II e as declarações pós-conciliares, se abre a uma nova forma de estar no mundo, valorizando o diálogo com outras religiões e culturas.

Palavras-chave


Vaticano II; Sincretismo, Candomblé; Diálogo; Sociedade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REVELETEO está indexada em:

Presente nas seguintes Bibliotecas: