TRANSLOCALIDADE, REPERTÓRIOS E INDEXICALIDADE: EFEITOS CONSTITUTIVOS DO DISCURSO CONTEMPORÂNEO EM ESPAÇOS DIGITAIS SUPERDIVERSOS

Adolfo TANZI NETO, Grassinete C. de Albuquerque OLIVEIRA

Resumo


Neste artigo discutimos como os diferentes encontros com a língua nos levam a diferentes níveis de conhecimento/reconhecimento linguístico travestidos em repertórios linguísticos superdiversos. Nesse sentido, apoiamo-nos na discussão de Blommaert (2010, 2013, 2015); Blommaert & Backus (2012); Silverstein (1985) e Vertovec (2007), sobre como os repertórios linguísticos, de contextos superdiversos, estão ideologicamente carregados de características semióticas; de valores implícitos de identidade e poder que geram níveis de indexicalidade, marcas deixadas das interações com as linguagens que determinam sentimentos de pertença, cultura, identidade e papéis na sociedade. Ao discutirmos esses esquemas sócio-históricos de atividades humanas situadas, atentamo-nos para as interações da vida social em sua historicidade, buscando interpretações locais dessas atividades, baseadas em uma visão translocal atribuídas de gênero, manipulação, poder, posições ideológicas e identidade. Para esta discussão, buscamos em interações on-line de jornais digitais no Brasil, entender como repertórios linguísticos/discursos superdiversos de representantes de Estado (Donald Trump, Marine Le Pen e Jair Bolsonaro) de uma cultura ideológica específica, mediada em situações de interesse humano, indexicalizam os repertórios linguísticos/discursos locais, ou seja, deixam marcas de sentimentos de pertença, cultura, identidade em nosso contexto brasileiro.

 


Palavras-chave


translocalidade; indexicalidade; discursos superdiversos; contexto digital.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Intercâmbio está indexada em:

       

Catálogo de Bibliotecas:

ISSN 2237-759X

A Intercâmbio e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/intercambio. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/intercambio.