. Estratégia de monitoramento da fadiga orgânica em um grupo de idosos cardiopatas inseridos no programa de reabilitação cardíaca

Eliane Barbara Alves, Anderson Batista Alonso, Flavia Caetano Rodrigues Tavares Naldi, Sarah da Silva Candido, Stephanya Covas da Silva, Thuany da Cruz Coutinho, Wanda Pereira Patrocinio, Fabrício Oliveira Borges, Cynthia Antonia Kallas Bachur, José Alexandre Bachur

Resumo


Este estudo teve como objetivo identificar a ocorrência de fadiga, a qualidade do sono, e o padrão morfológico do estresse oxidativo em 11 pacientes cardiopatas submetidos à intervenção fisioterapêutica para reabilitação físico-funcional. Trata-se de um estudo observacional, longitudinal e amostra de conveniência. Os resultados mostraram que programas de reabilitação cardíaca são fundamentais para mudanças no estilo de vida e redução de novos eventos cardiovasculares. Conclui-se que idosos portadores de doença coronariana, submetidos ao programa de reabilitação cardíaca baseado na intervenção cinesioterapêutica, apresentam-se sem fadiga orgânica, com uma boa qualidade de sono, sob um estresse oxidativo com variação entre os níveis normal, leve ou moderado.

 


Palavras-chave


Fadiga orgânica; Idosos cardiopatas; Reabilitação cardíaca.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2015v18iEspecial18p157-174

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.