Idades de leitura como traço de identidade no livro ilustrado infantil

Márcia Assis

Resumo


Nossa proposta é abordar o conceito de ilustração do livro destinado às crianças, correlacionando o texto verbal e o texto imagético. Uma breve reflexão sobre a progressão do conceito
de ilustração desde o final do século XIX até os dias de hoje.
Toda ilustração de um livro se remete às diversas idades de leitura da palavra e da imagem. Traços funcionais do texto verbal e do texto imagético da produção literária infantil propiciam correlações estruturais entre a palavra-e-a-imagem, passíveis de definição das idades de leitura do livro. O processo ilustrativo do livro estimula a leitura perceptiva. Um dos traços de crise da identidade no livro destinado à infância é a denominação literatura infantil.

Palavras-chave

Ilustração; Idades de leitura perceptiva; Semântica da imagem; Livro ilustrado infantil; Alfabetização da imagem

Abstract

In this article, our proposal is to approach the illustrating concept in books meant for children, correlating the verbal text to the imagetic one. We shall make a brief consideration on the progression of the illustrating concept since the end of the XIXth century until today. We shall consider that any book illustration refers to the different ages of image or word reading. Functional strokes of the verbal text and of the imagetic one of children’s literary production provide structural correlations between word and image liable of age and book reading definitions. The illustrative process stimulates a perceptive reading. One of the strokes of the identity crisis in the books addressed to children is the denomination of children’s literature and the dubious application of the illustrating concept.

Abstract

Illustration; Ages of image reading; Image semantics; Illustrated book for children; Image alphabetization.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.