Adeus ao eu: a enunciação do outrar-se

José Ney Costa Gomes

Resumo


O artigo analisa, à luz do conceito de singularidade múltipla de Deleuze, a enunciação do outrar-se, no Livro do Desassossego (Bernardo Soares), focando as estratégias lingüísticas em torno das pessoas verbais (eu, tu e ele), desdobradas para além do uso gramatical previsto no sistema da língua portuguesa; neste sentido, vê-se que a 1ª pessoa do singular, suposto sujeito unitário, é ocupado por uma agenciar coletivo; de pessoa supostamente unitária, o eu se torna palavra plural, heteronímica.

Palavras-chave

Significante eu; Enunciação do outrar-se; Hheteronímia.

Abstract

This article investigates, in the light of Deleuze´s concept of multiple singularity, the enunciation of the “to be other” (outrar-se) in the Livro do Desassossego (Bernardo Soares), focusing the linguistic strategies concerning the verbal persons (I, you, and they), unfolded beyond the grammar use foreseen in the Portuguese language system. In this sense, we can verify that the 1st person singular, supposed unitary subject, is occupied by a collective negotiation; far from supposed unitary person, the I turns into plural, heteronymic word.

Keywords

Enunciation of the “to be other” (outrar-se); Significant I; Heteronymic word.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.