“Circe” o el abyecto deseo de lo monstruoso

Héctor Luis Baz Reyes

Resumo


Neste trabalho analisaremos três aspectos associados ao fantástico no conto “Circe”, do argentino Julio Cortázar. O primeiro refere-se ao mito de Circe, alusão explícita já desde o título, incluindo-se componentes hipertextuais que atribuem elementos fantásticos. O segundo pretende determinar a evolução psicológica da protagonista por meio de elementos simbólicos, clássicos e modernos, que permitam identificar a personagem Delia com alguns comportamentos aracnídeos manifestos evocados na história e que geram no leitor, de forma imediata, uma atmosfera sobrenatural. Finalmente interessa-nos desenvolver as características que vislumbram o uso da sedução como instrumento de poder em alguns arquétipos femininos, analisando para tais fins postulados sobre gênero e dicotomias do feminino/masculino.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.