O corpo em primeiro plano: uma análise do vídeo Marca Registrada de Letícia Parente

Regilene Aparecida Sarzi

Resumo


Trata-se de uma analise do espaço dentro e fora da tela videográfica visando um estudo da figurativização do corpo e a construção dos regimes de sentido na linguagem audiovisual. A abordagem teórica é pautada na Semiótica Discursiva de Greimas e Courtés, na Semiótica Plástica de Floch e Ana Claudia de Oliveira, e nos estudos sobre audiovisual de Burch e Machado. A opção plástica pelos enquadramentos fechados e primeiros planos geram características estilísticas particulares da linguagem videográfica, que revelam o olhar poético de textos como o vídeo Marca Registrada (1974-1975), de Letícia Parente. Neste contexto, a linguagem metonímica é parte das estratégias discursivas para explicitar relações políticas e sociais, como a repressão, a violência e a condição fragmentada do homem moderno.

Texto completo:

PDF


Revista Nexi © ISSN 2237-8383.