IN MEMORIAM: MÚSICA E POLÍTICA NA INDÚSTRIA CULTURAL

Cármen Lúcia José

Resumo


As nomenclaturas que formam o sintagma-título deste capítulo estão diretamente ligadas ao rádio, como pioneiro e um dos mais importantes meios de comunicação de massa. No Brasil, no percurso que esse meio realizou no século XX, ele nasceu e permaneceu concessionário, portanto, diretamente sujeito às políticas públicas do governo federal que também participou das decisões que formataram a sociedade e a cultura de massas, através da Indústria Cultural. Como meio que busca sua própria linguagem através da convergência, a música e a canção não escaparam como peças apropriadas pelo rádio, participando ativamente daquilo que Luiz Tatit denominou Século das Canções, e foram singularmente arranjadas para ser um dos seus elementos constituintes, com apontou Armand Balserbre, em El linguaje radiofónico, como música e canção pra tocar no rádio. Como o rádio realizou esse percurso e como foi buscando a singularidade do meio são os principais focos do capítulo.


Palavras-chave


Música; Canção; Programação Musical; Trilha.

Texto completo:

PDF

Referências


CITELLI, A. Romantismo. SP: Ática, série Princípios. 1986

BOBBIO, N. , PASQUINO, G.; MATEUCCI, N. Dicionário de Política. Brasília: Edunb. 1993.

HARVEY, D. Condição Pós-Moderna. SP: Edições Loyola. 1992

JAMENSON, F. Pós-Modernidade e Sociedade de Consumo In: Novos Estudos CEBRAP, no12, junho/1985. São Paulo

JOSÉ, C.L. Do Brega ao Emergente. SP: Nobel. 2002

_________ Mito. Mitologia. Mitificação. SP: Tese de doutorado pelo Programa de Pós-Gradução Comunicação e Semiótica. 1998

LOTMAN, I.M. La Semiosfesra 1. Semiótica de la Cultura y del Texto. Madrid: Ediciones Cátedra. 1996

MENEZES, J.E,. de O. Incomunicação e Mídia. In: Os Meios de Incomunicação. SP: Annablume. 2005

PAIS, R.E. A orelha perdida de Van Gogh: música e multimídia. Lisboa: Hugin. 1998

SANTAELLA, L. Cultura das Mídias. SP: Experimento.1996

______________ e NÖTH, W. Imagem: Cognição, semiótica, mídia. SP: Editora Iluminuras. 1998.

SHUKER, R. Vocabulário de Música Pop. SP: Hedra. 1999.

TATIT, L. Semiótica da Canção. melodia e letra. SP: Editora Escuta. 1994.

THOMPSON, J.B. Ideologia e Cultura Moderna. SP: Edições Loyola.

VALENTE. H. de A.D. As vozes da canção na mídia. SP: Via Lettera. 2003.

ZUMTHOR, P. A Letra e a Voz. SP: Companhia das Letras. 1993.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.