IN MEMORIAM: AS VOZES DA VOZ DO DOCUMENTÁRIO

Cármen Lúcia José

Resumo


Como as vozes das fontes (sonoras) constroem a voz do documentário? Quais as possibilidades de associação entre vozes que relatam singularmente as pequenas experiências para configurar a voz do documentário como reveladora da vida coletiva? A primeira investida sobre a estrutura matriz ocorre quando o documentário começa a transformar o tema ou o assunto numa questão, isto é, passa a problematizar afirmações ou negações sobre o tema que, anteriormente, eram apresentadas como generalidades fechadas. Outra importante investida ocorre quando o documentário processa a aglutinação de histórias singulares configurando, simultaneamente, uma grande história que vai sendo contada além das histórias singulares.

Palavras-chave


Documentário; Vozes (sonoras); Voz do documentário; Tipologia de Fontes.

Texto completo:

PDF

Referências


FENELON, Dea Ribeiro. O papel da História Oral na Historiografia Moderna. In: (Re)introduzindo a História Oral no Brasil. (org.) José Carlos S. B. Meihy. São Paulo: Xamã, 1996, série eventos.

FERES. Cristina de Lurdes P. O uso de entrevistas no estudo da imigração italiana. In: (Re)introduzindo a História Oral no Brasil. (org.) José Carlos S. B. Meihy. São Paulo: Xamã, 1996, série eventos.

FERREIRA, Marieta de Moraes. História Oral e Tempo Presente. In: (Re)introduzindo a História Oral no Brasil. (org.) José Carlos S. B. Meihy. São Paulo: Xamã, 1996, série eventos.

JANOTTI, Maria de Lurdes M. Refletindo sobre História Oral: procedimentos e possibilidades. In: (Re)introduzindo a História Oral no Brasil. (org.) José Carlos S. B. Meihy. São Paulo: Xamã, 1996, série eventos.

JOSÉ, Carmen Lucia. História Oral e Documentário radiofônico. Revista Conexão, v.2, no 3. Caxias do Sul: Educs, 2003.

KLEIMAN, Ângela. Texto & leitor- aspectos cognitivos da leitura. São Paulo: Pontes editores, 2011.

MEIHY, José Carlos S.B. História Oral: um ‘locus’ disciplinar federativo. In:

(Re)introduzindo a História Oral no Brasil. (org.) José Carlos S. B. Meihy. São Paulo: Xamã, 1996, série eventos.

NICHOLS, Bill. Introdução ao documentário. São Paulo: Papirus, 2005.

VÁRIOS AUTORES. Semiosfera: exploração conceitual nos estudos semióticos da cultura. In:Semiótica da Cultura e Semiosfera, (org) MACHADO, Irene. São Paulo: Annablume/Fapesp, 2007.

WINISK, José M. O Artista e o Tempo. In: Sem Receita. São Paulo: Publifolha, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.