Fé, Ciência e Ética: Uma discussão sobre células-tronco do ponto de vista do Espiritismo

Luzia Márcia Resende Silva, Ana Cecília Moreira Elias

Resumo


O objetivo deste artigo não é discorrer sobre a interferência das instituições religiosas no poder do Estado e avanço ou não da Ciência. Almeja, sim, compreender o posicionamento ético, em especial do Espiritismo codificado por Alan Kardec, sobre o uso de células – tronco. Sendo o motivo da elaboração desta pesquisa o fato que esta doutrina posiciona-se como filosofia, ciência (positivista) e religião (cristã) unificadas, indagamos como reagiram seus integrantes, perante a delicada situação, já que uso de tais células é  condenado pelas outras matrizes religiosas cristãs, em especial a igreja católica; além disso, como ficaria a posição cientifica, já que os mesmo seguem conceito tradicional de ciência. Portanto visamos compreender qual foi a solução ética destes seguidores, sem que fujam aos parâmetros da religiosidade ou da cientificidade.


Palavras-chave


Ética e Religiosidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.