PERCEPÇÃO MORAL ENTRE GERAÇÕES NAS ORGANIZAÇÕES PRIVADAS – CONSIDERAÇÕES SOBRE ENSAIOS

Renato Santos, Silmara Gomes, Maria Cristina Amorim

Resumo


Nas organizações, a percepção moral é a compreensão dos aspectos éticos presentes nas decisões e condutas. A identificação do grau de percepção moral ajuda implantar programas para mitigar comportamentos inadequados aos valores sociais e aos códigos de ética. A percepção moral expressa a história individual e o contexto das pessoas. Autores examinados ao longo do artigo vêm na característica geracional um dos elementos constituidores do contexto e portanto, uma das causas de comportamentos. O objetivo do artigo é investigar a ocorrência de diferenças na percepção moral entre gerações, nas organizações. A pesquisa utilizou 3.211 questionários (dados secundários) aplicados entre 2011 e 2012. Os resultados mostram que a variável “geração” não é determinante para as decisões éticas e permitiu compreender que a literatura sobre padronização comportamental das gerações, de um lado, aponta para um fenômeno relevante, de outro, originária da ficção, sua utilização na forma de modelos estruturados deve ser parcimoniosa.


Palavras-chave


moral, ética, gerações

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: