QUALIDADE DE VIDA E BEM-ESTAR NO TRABALHO: O OLHAR DOS FUNCIONÁRIOS DE UMA SECRETARIA SOBRE AS CONDIÇÕES DE TRABALHO

Silvaney Bastos Freitas, Luis Eduardo Brandão Paiva, Tereza Cristina Batista de Lima, Francisco Wedney Sousa Vieira Pinto

Resumo


O estudo teve como objetivo analisar as condições de trabalho de funcionários do setor de atendimento de uma Secretaria Municipal, por meio da Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) e do Bem-Estar no Trabalho (BET). A relevância do estudo se configura pela necessidade de analisar as condições de trabalho de funcionários do setor de atendimento, com a finalidade de investigar a importância do investimento em práticas que proporcionem qualidade de vida e bem-estar no trabalho. A metodologia se fundamentou em uma pesquisa qualitativa, de natureza descritiva, mediante entrevista com 12 funcionários. Foi adotado o método da análise de conteúdo para as entrevistas, uma vez que teve para a obtenção das respostas, utilizou-se um roteiro com questões semiestruturadas, baseadas nos oito critérios do modelo de Walton (1973) e questões sobre o Bem-Estar no Trabalho. A análise de resultados aponta insatisfação relacionada a questões de pagamento de horas extras, realização de treinamento adequado e oportunidades de crescimento. Enquanto fatores como remuneração adequada, estrutura física do local, jornada de trabalho relação de companheirismo entre os colegas de trabalho obtiveram bons níveis de satisfação.


Palavras-chave


Qualidade de Vida no Trabalho, Bem-Estar no Trabalho, Serviço Público.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, L. G.; LIMONGI-FRANÇA, A. C. Estratégias de recursos humanos e gestão da qualidade de vida no trabalho: o stress e a expansão do conceito de qualidade total. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 33, n. 2, p. 40-51, 1998.

AMORIM, T. N. G. F. Qualidade de vida no trabalho: preocupação também para servidores públicos? Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, v. 9, n. 1, p. 35-48, 2010.

ANDRADE, S. M. Qualidade de Vida no trabalho - Proposta de um Modelo Integrador do BSPO com Justiça Organizacional para o Bem-Estar de Servidores Públicos. 2016. 177f. Tese (Doutorado em Ciências) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

CAVALCANTE, M. M.; SIQUEIRA, M. M. M.; KUNIYOSHI, M. S. Engajamento, bem-estar no trabalho e capital psicológico: um estudo com profissionais da área de gestão de pessoas. Pensamento & realidade, v. 29, n. 4, p. 42-64, 2014.

CHAN, K. W.; WYATT, T. A. Quality of work life: A study of employees in Shanghai, China. Asia Pacific Business Review, v. 13, n. 4, p. 501-517, 2007.

COUTINHO, M. L. G. Práticas de Gestão de Projetos em Programas de Qualidade de Vida no Trabalho. 2009. 191f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de São Paulo.

COUTINHO, B. G.; FRANÇA, I. S. X. D.; COURA, A. S.; MEDEIROS, K. K. A. S.; ARAGÃO, J. D. S. Qualidade de vida no trabalho de pessoas com deficiência física. Trabalho, Educação e Saúde, v. 15, n. 2, p. 561-573, 2017.

COUTO, H. A. Stress e qualidade de vida do executivo. In: Stress e qualidade de vida do executivo. Cop, 1987.

DAMASCENO, T. N. F.; ALEXANDRE, J. W. C. A Qualidade de Vida no Trabalho no âmbito do serviço público: conceitos e análises. Revista Científica FACPED, n. 3, 2012.

FERNANDES, D. F. B.; SOUZA, S. M. S. Políticas públicas de rh e a qvt de servidores públicos: um caso em Pernambuco. RAUnP., v. 9, n. 2, p. 21-33, 2017.

FERNANDES, E. C. Qualidade de vida no trabalho: como medir para melhorar. Salvador: Casa da Qualidade Editora Ltda., 1996.

FERREIRA, M. C. Qualidade de vida no trabalho: uma abordagem centrada no olhar dos trabalhadores. Paralelo 15, 2012.

FERREIRA, R. R.; FERREIRA, M.C., ANTLOGA, S.C., BERGAMASCHI, V. Concepção e implantação de um programa de qualidade de vida no trabalho no setor público: o papel estratégico dos gestores. Revista de Administração-RAUSP, v. 44, n. 2, p. 147-157, 2009.

FERREIRA, M. C.; ALVES, L.; TOSTES, N. Gestão de qualidade de vida no trabalho (QVT) no serviço público federal: o descompasso entre problemas e práticas gerenciais. Psicologia: teoria e pesquisa, v. 25, n. 3, p. 319-327, 2009.

JACKSON FILHO, J. M. Desenho do trabalho e patologia organizacional: um estudo de caso no serviço público. Revista produção, v. 14, n. 3, p. 058-066, 2004.

FREIRE, A. C..; PAIXÃO, J. V. J. M.; RODRIGUES, L. C.; LEAL, R. S.; MEDEIROS, V. P.

R. Qualidade de Vida no Trabalho: Uma análise sobre o ponto de vista dos servidores públicos da Prefeitura Municipal de Capim Grosso–Bahia. ID ON LINE REVISTA MULTIDISCIPLINAR E DE PSICOLOGIA, v. 11, n. 36, p. 363-384, 2017.

FREIRE, A. C.; PAIXÃO, J. V. J. M.; RODRIGUES, L. C.; LEAL, R. S.; MEDEIROS, V. P.

R. Qualidade de Vida no Trabalho: Uma análise sobre o ponto de vista dos servidores públicos da Prefeitura Municipal de Capim Grosso–Bahia. ID ON LINE REVISTA MULTIDISCIPLINAR E DE PSICOLOGIA, v. 11, n. 36, p. 363-384, 2017.

GOMIDE JÚNIOR, S.; SILVESTRIN, L. H. B.; OLIVEIRA, A. F. Bem-estar no trabalho: o impacto das satisfações com os suportes organizacionais e o papel mediador da resiliência no trabalho. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, v. 15, n. 1, p. 19-29, 2015.

HARTER, J. K.; SCHMIDT, F. L.; KEYES, C. L. M. Well-being in the workplace and its relationship to business outcomes: A review of the Gallup studies. Flourishing: Positive psychology and the life well-lived, v. 2, p. 205-224, 2003.

HERNANDEZ, J. Impactos da Percepção de Saúde Organizacional no bem-estar no Trabalho. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil, 2007.

KARA, D.; KIM, H.; LEE, G.; UYSAL, M. The moderating effects of gender and income between leadership and quality of work life (QWL). International Journal of Contemporary Hospitality Management, v. 30, n. 3, p. 1419-1435, 2018.

LAIMER, C. G.; LAIMER, V. R.; BEUX, M. C. Qualidade no atendimento: uma alternativa para obter a satisfação dos clientes de uma instituição financeira. Revista de Administração IMED, v. 2, n. 2, p. 106-117, 2012.

MARTINS, D. A. Considerações sobre a Qualidade de Vida no Trabalho e o Estresse Ocupacional. Disponível em: >https://www.fef.unicamp.br/fef/sites/uploads/deafa/qvaf/evolucao_cap14.pdf>. Acesso em: 03 out. 2018.

MAXIMIANO, A. C. A. Introdução à administração. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2004.

MULLINS, L. J. Management and organisational behaviour. Pearson education, 2007.

NANJUNDESWARASWAMY, T. S.; SWAMY, D. R. Quality of work life of employees in private technical institutions. International journal for quality research, v. 7, n. 3, p. 431-442, 2013.

OLIVEIRA, J. A.; MEDEIROS, M. P. M. Gestão de pessoas no setor público. – Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/UFSC; [Brasília]: CAPES: UAB, 2011.184p.

PAIVA, K. C. M.; COUTO, J. H. Qualidade de vida e estresse gerencial¿ pós-choque de gestão¿: o caso da Copasa-MG. Revista de Administracao Publica-RAP, v. 42, n. 6, p. 1189-1211, 2008.

PAIVA, L. E. B.; LIMA, T. C. B.; JALES, J. B. P. Qualidade de Vida no Trabalho Sob a Ótica dos Trabalhadores Noturnos de um Aeroporto. Revista de Administração da UNIFATEA, v. 14, n. 14, 2017.

PAIVA, L. E. B.; LIMA, T. C. B.; VASCONCELOS, A. S.; ARRUDA, S. C. Qualidade de vida no trabalho de eletricitários do estado do ceará. Revista Reuna, v. 22, n. 3, p. 19-38, 2017.

PEREIRA, E. F.; TEIXEIRA, C. S.; SANTOS, A. Qualidade de vida: abordagens, conceitos e avaliação. Revista brasileira de educação física e esporte, v. 26, n. 2, p. 241-250, 2012.

PEDROSO, B.; PILATTI, L. A. Motivação e trabalho: análise do modelo de qualidade de vida no trabalho de Hackman e Oldham. Revista Brasileira de Qualidade de Vida, Ponta Grossa, v. 1, n. 02, p. 08-15, 2009.

PEDROSO B.; PILATTI L. A. Notas sobre o modelo de qualidade de vida no trabalho de Walton: uma revisão literária. Conexões, v. 7, n. 3, p. 28-43, 2009.

PINTO, A. M. A. O Impacto da Qualidade de Vida no Trabalho sobre a Produtividade dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação do Instituto Federal do Amazonas. 2015. 96f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Universidade Federal do Amazonas, 2015.

REIS JUNIOR, D. R.; PILATTI, L. A.; PEDROSO, B. Qualidade de vida no trabalho: construção e validação do questionário QWLQ-78. Revista Brasileira de Qualidade de Vida, v. 3, n. 2, p. 1-12, 2012.

RODRIGUES, M. R. M. S. Um Estudo Comparativo dos Níveis de Satisfação e o Grau de Importância da Qualidade de Vida no Trabalho em uma Instituição Pública. 2015. 82f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) - Universidade Federal do Ceará, 2015.

SANT’ANNA, L. L.; PASCHOAL, T.; GOSENDO, E. E. M. Bem-estar no Trabalho: Relações com Estilos de Liderança e Suporte para Ascensão, Promoção e Salários. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 16, n. 5, art. 6, p. 744-764, 2012.

SANTOS, L. C. R.; ANDRADE, E. L.; WOEHL, S. A correlação das teorias de Maslow e Walton aplicada na análise de qualidade de vida no trabalho de profissionais de uma empresa do comércio calçadista. Brazilian Journal of Development, v. 1, n. 1, p. 24-42, 2017.

SANTOS, N. M.; ÁVILA, L. V.; SOMMER, A. T.; AZEVEDO, G. Qualidade de vida no trabalho: estudo dos servidores públicos da prefeitura de Taquaruçu do Sul/RS. Revista Uniabeu, v. 11, n. 27, p. 90-104, 2018.

SHIRRMEISTER, R. Qualidade de Vida no trabalho e Comprometimento Organizacional: Um Estudo em Equipes Multicontratuais em um Instituto de Pesquisa Tecnológica. 166f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade de São Paulo, 2006.

SIQUEIRA, M. M. M. Medidas do comportamento organizacional: ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Atmed, 2008.

SIQUEIRA, M. M. M.; PADOVAM, V. A. R. Bases teóricas de bem-estar subjetivo, bem-estar psicológico e bem-estar no trabalho. Psicologia: teoria e pesquisa, v. 24, n. 2, p. 201-209, 2008.

SIQUEIRA, M. M. Novas Medidas do Comportamento Organizacional: Ferramentas e Diagnóstico de Gestão. Porto Alegre, Artmed, 2014.

SOARES, V. G. S. Procedimento Conceitual para a Avaliação da Qualidade de Vida no Trabalho em Instituições de Ensino Superior Públicas. 2016. 111 f. Dissertação (Mestrado em Ergonomia) - Universidade Federal de Pernambuco, 2016.

SOBRINHO, F. R.; PORTO, J. B. Bem-estar no trabalho: um estudo sobre suas relações com clima social, coping e variáveis demográficas. RAC-Revista de Administração Contemporânea, v. 16, n. 2, p. 253-270, 2012.

TERYIMA, S. J.; FAAJIR, A.; JOHN, E. Examining employee quality of work life (qwl) as a determinant of managerial effectiveness in business organizations: a study of Nigeria Breweries plc, Lagos. The Business & Management Review, v. 7, n. 3, p. 268-281, 2016.

TIECHER, B.; DIEHL, L. Qualidade de vida no trabalho na percepção de bancários. Pensamento & Realidade, v. 32, n. 1, p. 41-60, 2017.

TIMOSSI, L. S.; PEDROSO, B., PILATTI, L. A.; DE FRANCISCO, A. C. Adaptação do modelo de Walton para avaliação da Qualidade de Vida no Trabalho. Journal of Physical Education, v. 20, n. 3, p. 395-405, 2009.

WALTON, R. E. Quality of working life: what is it. Sloan management review, v. 15, n. 1, p. 11-21, 1973.

ZANIN, F. L.; GUEVARA, A. H.; RODRIGUES, A. Tempo para trabalhar, tempo para viver a vida. As possibilidades de uma vida a ser vivida fora da centralidade do trabalho. Pensamento & Realidade, v. 31, n. 2, p. 108-121, 2016.




DOI: https://doi.org/10.23925/2237-4418.2019v34i2p92-118

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: