Descolonização dos saberes africanos: reflexões sobre história e cultura africana no contexto da lei 10.639/03

Francisco Sandro da Silveira Vieira

Resumo


Este artigo tem por objetivo, fazer uma breve reflexão sobre os saberes africanos gerados a partir do contexto colonial. Pretendemos, com isso, demonstrar como as teorias ideológicas eurocêntricas construíram um conjunto de saberes sobre a África pautado em falsificações históricas e até mitos que serviram como fonte das imagens estereotipadas sobre o continente e seus povos e que ainda permeiam nossos discursos e práticas hoje. Com base na estrutura ideológica comum ao colonialismo, ao imperialismo e ao discurso racista, partimos do princípio de que uma consciência crítica dos efeitos intelectuais do legado eurocêntrico que justificaram e legitimaram o colonianilismo é indispensável para compreendermos o conjunto de representações negativas contemporâneas sobre a história e cultura(s) africana.

Palavras-chave


saberes africanos; identidade; colonialidade; racismo; representação

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Ponto-e-Vírgula está indexada em:

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.