Dunas, lagoas e praias - turismo e sustentabilidade (?) em Natal – RN

Soraia Maria do S. C. Vidal

Resumo


A atividade de turismo em Natal-RN nas duas últimas décadas apresenta dinâmica diferenciada com ampliação da oferta de serviços necessários ao seu desenvolvimento e dinamização de cadeias associadas. A partir dos anos 1990, tendo como pressuposto básico a aceitação do turismo como vocação natural da Região Nordeste, foram implantadas ações do Estado e do mercado, dinamizando o turismo de “Sol e Mar”; em Natal a exploração incluiu os sistemas de dunas, lagoas e praias. Nela, o incremento da atividade turística resultou da implantação do Parque Hoteleiro da Via Costeira, do Programa de Desenvolvimento do Turismo – Prodetur I e Prodetur II. Hoje, destaca-se a formulação do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável – PDITS, que insere a atividade na perspectiva da sustentabilidade, favorecendo uma reflexão crítica da prática do turismo local.

Palavras-chave


cidade; turismo; sustentabilidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Ponto-e-Vírgula está indexada em:

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.