Para os estudos e práticas urbanas, um olhar sobre Max Weber

António Miguel Lopes de Sousa

Resumo


O objetivo deste texto é trazer um dos trabalhos de Max Weber, escrito sob a forma de ensaio, intitulado “A Cidade”, para um território de reflexão habitualmente ocupado pelos agentes das práticas e políticas urbanas.Partindo de uma análise do processo de escrita do ensaio, poder-se-ia caracterizar “A Cidade” considerando-a, ao lado da sua incontornável importância na estruturação metodológica do pensamento do autor, como a tentativa para que Max Weber pudesse desenvolver um novo “tipo ideal”, a que chamou a “dominação não legítima”.Assim, as aproximações narrativas, comparativas e analíticas ao estudo sócio-histórico do fenômeno urbano que compõem o quadro de reflexões presentes em “A Cidade”, podem hoje ser revisitadas e discutidas como contribuição para uma outra leitura dos processos de transformação da cidade contemporânea.

Palavras-chave


cidade, planejamento, Weber

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Ponto-e-Vírgula está indexada em:

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.