Brasil-FMI: a política externa financeira do governo Lula

Rodrigo Oliveira de Lima

Resumo


A legislação financeira internacional foi reorganizada, a partir dos anos 90, no processo que ampliou a participação de países em desenvolvimento no poder institucional do Fundo Monetário Internacional. O governo Lula foi categoricamente incisivo na confecção da nova legislação para financeiros, através de sua política externa que passou a priorizar os BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China) em compromissos, acordos e projetos de desenvolvimento internacional a médio e longo prazo. Serão apresentadas aqui, as políticas sistematizadas no FMI durante o governo Lula.

Palavras-chave


legislação; crises; desenvolvimento; transparência; prestação de contas; crédito; Brasil; FMI; Governo; Lula

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Ponto-e-Vírgula está indexada em:

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.