O juvenil no étnico. Migração juvenil indígena na sociedade mexicana contemporânea

Maritza Urteaga Castro Pozo

Resumo


O tema da juventude indígena não tem sido central na investigação antropológicanem social. Entre as razões deste desentendimento está a inexistência, exceto emépocas muito recentes, de um período etário que pudesse ser reconhecido pela etnia que se investiga, como diferenciado da infância e da fase adulta. Entre osdeslocamentos mais importantes, que caracterizam a complexidade mexicanaatual, estão os fluxos migratórios que têm entre seus protagonistas os membrosmais jovens de diferentes etnias. Além da transformação populacional de regiõesurbanas e rurais, a migração indígena é produtora de juventude entre os gruposétnicos rurais e entre as etnias transladadas na cidade. O texto indaga pelasformas de construção juvenil étnicas em três momentos. O primeiro propõeabordagens teórico-metodológicas para o estudo dos jovens indígenascontemporâneos na perspectiva de construir uma antropologia de fronteira. Osegundo aborda o juvenil rural indígena tomando por base uma revisão daliteratura etnográfica. Analisa as condições de sua produção, de como aetnografia ajuda a identificar a heterogeneidade de situações que não podem sergeneralizáveis e das imagens juvenis emergentes: o jovem migrante, o estudanteindígena e os jovens tradicionais. O terceiro contem uma proposta metodológicapara o acercamento do juvenil indígena migrante na cidade que intenta dar contadas vidas dos jovens mais como experiências de participação na transição dociclo de vida, que como zonas de exclusão.

Palavras-chave


Juventude indígena; migração; paisagens étnicas; zonas fronteiriças

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Ponto-e-Vírgula está indexada em:

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.