Framing the Crisis: the Case of the Chicago Press

Bruno Carriço Reis, Fabrizio Ceglia, Sergio Rivera Magos

Resumo


Neste artigo propomos o deslindar do processo de formação da opinião pública norte-americana no momento inicial da crise do subprime (2007), que posteriormente desencadearia uma crise global. Para o efeito cruzamos sincronicamente a perceção da população acerca do tema, por via de sondagens de opinião, com o discurso mediático que ia sendo produzido. Desta forma tentamos perceber como a opinião pública se deixava permear pela agenda mediática e vice-versa. A questão da crise marcaria inapelavelmente a campanha eleitoral de 2008 e a discussão pública. Como estudo de caso, optamos por analisar a imprensa de Chicago já que o candidato que melhor se posicionava para ser eleito presidente era o senador por Illinois, Barack Obama. Como conclusão substantiva, podemos sublinhar que a opinião pública formulou a sua compreensão do fenômeno da crise atendendo a aspectos de natureza emocional/subjetiva, relativizando para segundo plano argumentos de natureza mediática e institucional.

Palavras-chave


Opinião Pública; Subprime; Imprensa

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Ponto-e-Vírgula está indexada em:

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.