Escola-território, desterritorialização e análises educacionais

Leda Maria de Oliveira Rodrigues

Resumo


O objetivo deste artigo é questionar a possibilidade de análises educacionais, se estas partirem da falsa ideia de desterritorialização e não multiterritorialidade, conforme proposta de Haesbert  (2004). Pretendemos analisar as consequências da ideia de desterritorialização e seus desdobramentos nas análises dos problemas educacionais brasileiros. Partimos da relação escola e território e da definição de espaço e território conforme Lefebvre, Bourdieu e  Haesbaert.  Procuramos problematizar a definição de território, as diferenças sociais de territórios ocupados por vários grupos, inclusive imigrantes, e suas dimensões para o entendimento da nossa educação. As desigualdades sociais e educacionais no Brasil podem relacionar-se com as características e conformações de um território. Sendo assim, a análise de pertencimento da escola, de seus agentes e de seu entorno a um território podem nos dar as dimensões de heterogeneidade dos territórios. A falsa ideia de desterritorialização, conforme analisa Haesbaert, pode contribuir com a mistificação da existência de espaços e territórios homogêneos. Importa-nos compreender especificamente esses dois conceitos: de espaço e território e seus desdobramentos, tais como a existência de espaços e territórios virtuais. Sobre estes espaços, analisaremos as consequências de se assumir a ideia de que todos os grupos sociais, indistintamente, têm acesso a eles. Estaríamos deixando de lado as relações de classe e a ideia de pertença a um determinado espaço social e território específico, assim como contribuiríamos para o esvaziamento da análise educacional nas dimensões econômicas, políticas e sociais. Nos tempos atuais, a ideia de desterritorialização deve ser equacionada, pois pode nos levar a uma falsa homogeneização espacial e social, o que seria ideológico.

Palavras-chave


Escola; Território; Imigrantes; Desterritorialização; Análises educacionais.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Ponto-e-Vírgula está indexada em:

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.