Contribuição da psicanálise para a educação: a transferência na relação professor/aluno

Márden de Pádua Ribeiro

Resumo


O presente artigo tem como foco principal refletir sobre as alternativas de interfaces entre as áreas da Educação e Psicanálise. Partiu-se das contribuições teóricas de Freud e de outros teóricos do assunto tendo como conceitos fundamentais as noções de "sujeito-suposto-saber" e, principalmente, de "transferência", ressaltando a vertente psicanalítica como ferramenta útil para os professores. Nesse diálogo entre as duas áreas, evidencia-se o efeito do olhar psicanalítico sobre as questões educacionais, desvelando o papel desempenhado, através das práticas educativas, na constituição e no protagonismo do sujeito. Espera-se estimular a abertura de intercâmbio entre esses campos que têm em comum, acima de qualquer coisa, a questão do desenvolvimento humano. A partir dessa premissa, propomos pensar sobre as possibilidades de suporte teórico da Psicanálise para a prática educativa, sobretudo no que diz respeito especificamente ao papel docente em sala de aula.

Palavras-chave


educação; Psicanálise; transferência

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.