Cartas reflexivas: um recurso de intervenção em psicologia educacional

Paula Cristina Medeiros Rezende, Laena Guilherme Oliveira, Layla Raquel Silva Gomes

Resumo


A partir das contribuições do Construcionismo Social, especialmente das produções referentes à terapia narrativa, este trabalho relata uma experiência de atuação em Psicologia Educacional, dando visibilidade ao uso de um recurso de intervenção no contexto da educação infantil, que foi denominado "cartas reflexivas". A prática, que se deu por meio de um estágio supervisionado, foi realizada em uma escola de aplicação, envolvendo duas salas de educação infantil, durante aproximadamente um ano. A imersão no cotidiano escolar, acompanhando semanalmente as atividades realizadas, alimentou e sustentou a produção de diálogos que, por meio das cartas reflexivas, tratavam de co-construir uma nova narrativa que convidasse a diferentes ações e reflexões sobre o coditiano educacional, contribuindo para a ressignificação da infância e dos processos de desenvolvimento e aprendizagem.

Palavras-chave


construcionismo social, cartas reflexivas, educação infantil

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.