A violência psicológica na relação entre professor e aluno com dificuldades de aprendizagem

Rita de Cássia Souza Nascimento Ferraz, Marilena Ristum

Resumo


Neste trabalho, buscou-se investigar as ações do professor que se caracterizam por violência psicológica no cotidiano escolar. A pesquisa, pautada nas diretrizes epistemológicas da investigação qualitativa, foi realizada em uma escola pública que atende crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Os participantes foram quatro crianças e sua professora. Para a coleta dos dados, foram utilizados os seguintes instrumentos: observação com recurso do diário de campo, videogravação e entrevista semiestruturada. As ações identificadas como violência psicológica foram: rejeição, humilhação e indiferença. Observou-se que a escola passou a ser objeto de um temor proveniente de vivências marcadas por ações de segregação, punição e desrespeito à condição dos alunos com dificuldades de aprendizagem e, consequentemente, ao saber dessas crianças que fracassavam nesse importante cenário de seu desenvolvimento.

Palavras-chave


dificuldades de aprendizagem; violência psicológica; relação professor-aluno

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.