A indisciplina escolar nas representações sociais de professores paranaenses

Edvanderson Ramalho dos Santos, Ademir José Rosso

Resumo


Com base nas abordagens da teoria das Representações Sociais (Moscovici e Abric) e da Epistemologia e Psicologia Genética (Piaget), neste trabalho investigam-se as representações sociais de professores da Educação Básica das escolas estaduais de Ponta Grossa sobre indisciplina escolar. As informações foram coletadas mediante questionário (N= 271) em que se solicitou a evocação dos docentes sobre as características dos alunos indisciplinados e sobre as causas da indisciplina. As informações censitárias foram analisadas com o auxílio do SPSS; as evocações, pelo EVOC e SIMI; e as justificativas à primeira evocação, pela análise de conteúdo. A análise das informações revela que os docentes descrevem seus alunos com inúmeros déficits morais, atribuindo as razões da indisciplina no ambiente familiar dos estudantes.

Palavras-chave


indisciplina escolar; autonomia; moral

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.