MEDIAÇÃO, EMPENHO E ENVOLVIMENTO NA LINGUAGEM MUSICAL: UM ESTUDO EM CONTEXTOS INFANTIS

Celia Vectore, Thaís Vectore Pavanin, Ana Caroline Dias da Silva, Isis Graziele da Silva, Patrícia Alves Dal Piccolo

Resumo


Trata-se de um estudo com o objetivo de identificar variações noempenho de professores de instituições infantis e no envolvimento das crianças, antes e após uma intervenção, voltada para a aprendizagem de conteúdos de música. Para tanto, participaram cinco professoras e 24 crianças com idades entre três e cinco anos. Inicialmente, foram aplicadas e avaliadas as escalas de empenho do adulto e de envolvimento da criança. Em seguida, as professoras participaram de um curso de formação em música, com carga horária de 100 horas e, após o mesmo, houve um acompanhamento semanal das docentes durante cinco semanas. Finalizado o procedimento de intervenção, as professoras e as crianças foram reavaliadas pelos instrumentos citados. Os resultados indicaram melhora nos níveis de empenho dos professores e de envolvimento da criança, contudo as atividades musicais continuaram incipientes na rotina institucional. Novos estudos são necessários para efetivar a inserção efetiva da linguagem musical na educação infantil, além disso, deve-se considerar que capacitações mais aligeiradas, mesmo contendo conteúdo significativo, podem não ser suficientes, para consolidar a aprendizagem dessa importante linguagem para o desenvolvimento da criança pequena.

Palavras-chave


mediação, envolvimento, empenho, linguagem musical, instituição infanti

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/2175-3520.20170004

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.