A AVALIAÇÃO INTERATIVA E O SOFTWARE ALFABETIZAÇÃO FÔNICA: UM ESTUDO DE CASO

Cristina Lúcia Maia Coelho, Claudio Lyra Bastos

Resumo


O trabalho verificou a eficácia – na perspectiva da avaliação interativa – de uma intervenção com o software Alfabetização Fônica no desenvolvimento linguístico de uma aluna com deficiência intelectual. A aluna, com 20 anos e multirrepetente, frequentava o 1º ano do ensino médio de uma escola pública; foi diagnosticada formalmente com deficiência intelectual e apresentava dificuldades linguísticas na expressão oral e escrita, na compreensão e na leitura. O método baseou-se numa análise longitudinal, a partir de uma avaliação de pré-teste do perfil cognitivo da aluna (PROLEC), seguido da realização de intervenções com o software Alfabetização Fônica e de uma avaliação de pós-teste. O PROLEC visa à avaliação dos processos de leitura e envolve as seguintes provas: a) Identificação de letras; b) Processos léxicos; c) Processos sintáticos; d) Processos semânticos. Diferenças significativas nos desempenhos entre os pré-testes e os pós-testes apontaram para a eficácia de intervenções com procedimentos computadorizados nas dimensões léxicas, sintáticas e semânticas da linguagem e na consciência fonológica.

Palavras-chave


intervenção, deficiência, avaliação, alfabetização, software

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/2175-3520.20170006

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.