Contribuições de Freud para a Educação

Maria Aparecida Morgado

Resumo


Problematiza-se a dicotomização entre intelecção e afeto no processo ensino-aprendizagem. Elementos emocionais interferem no o que e no como se ensina, derivando sua eficácia da negação do quanto também concorrem para estruturar a relação pedagógica e do fato de serem inconscientes. Calcada na identificação, conceitualizada por Freud, a propotípica experiência relacional infantil pode impor sobreposição da autoridade pedagógica pela autoridade parental, no campo que vincula transferência e contratransferência.

Palavras-chave


Freud e educação, identificação, transferência e contratransferência

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.