Contribuições de Skinner para a Educação

Sérgio Vasconcelos de Luna

Resumo


A primeira parte do trabalho - referente à extensão do behaviorismo ao problemas educacionais - analisa quatro tópicos fundamentais: 1. a concepção de Skinner de Educação como um pilar para o planejamento e para a sobrevivência da cultura; 2. as implicações do uso das teorias mentalistas para o desenvolvimento da Educação; 3. os avanços conceituais e metodológicos produzidos pela afirmação da variabilidade como elemento a ser estudado (em contraposição à sua consideração como elemento espúrio a ser eliminado); 4. a identificação dos objetivos últimos da Educação como ponto de partida do seu planejamento. Na segunda parte, são retomadas as interpretações de Skinner de fenômenos educacionais (especialmente, aprendizagem e ensino) em função dos princípios estabelecidos em pesquisas experimentais. Na terceira parte, são analisadas situações em que, a despeito do relato de sucesso de trabalhos da análise do comportamento, no encaminhamento e solução de problemas educacionais, a abordagem continua sendo preterida e/ou rejeitada

Palavras-chave


behaviorismo e educação, Skinner e Educação, análise do comportamento e Educação

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.