Sentindo, pensando e narrando... A trama da produção do texto

Maria Aparecida Mamede Neves, Leonor Sampaio

Resumo


O artigo avalia criticamente as possibilidades de estudantes que apresentam problemas de aprendizagem e sucessivos fracassos em sua vida escolar virem a se transformar em produtores criativos de textos. A reflexão teve como fio condutor uma investigação, realizada sob forma de pesquisa-ação, com estudantes de 15 a 50 anos, pertencentes a camadas populares e que freqüentaram a quinta série de uma escola supletiva noturna do Rio de Janeiro. Nessa mesma investigação, duas outras experiências foram tomadas como contraponto, envolvendo grupos de crianças de 11 a 13 anos, repetentes da primeira série do primeiro grau, e que pertenciam ao mesmo ambiente social e apresentavam as mesmas características de falência escolar do grupo de classe supletiva. Os dados foram estudados à luz dos conceitos piagetianos, sobre a função da narrativa na construção do conhecimento, e das formulações teóricas de Vygotski, a respeito da relação entre o papel dos adultos e a zona de desenvolvimento proximal. Outros autores, tais como Bakhtin, Kristeva e Barthes, alargaram as bases dessa reflexão.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.