A escola de nove anos e a atuação docente: análise de uma experiência na escola pública

Izabella Mendes Sant’Ana, Raquel Souza Lobo Guzzo

Resumo


Este estudo visou conhecer como professores de uma escola pública de Ensino Fundamental percebiam sua atuação durante o processo de implementação da Escola de Nove Anos e suas opiniões sobre a referida política. Um grupo de 10 professoras foi acompanhado por quatro semestres. Foram feitas entrevistas individuais e registros em diários de campo. Os resultados indicaram a importância da participação dos educadores nas discussões sobre a implantação das políticas, da preparação prévia da escola diante das mudanças propostas e a presença de diferentes formas de participação das professoras (imobilismo, crítica e ação) diante dos problemas encontrados. A atuação do psicólogo buscou favorecer a conscientização das educadoras sobre essas condições de opressão, mas o grupo não reconheceu a sua força política como instrumento de mudança da realidade.

Palavras-chave


políticas educacionais; atuação docente; psicologia em contextos educativos e comunitários

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.