Implicações da formação continuada para a construção da identidade profissional

Maria da Conceição Carrilho de Aguiar

Resumo


A intenção deste trabalho é trazer algumas reflexões acerca das implicações dos processos de formação continuada para a construção da identidade profissional do professor. Participaram da pesquisa 62 professores alunos de cursos de pós-graduação (lato sensu) oferecidos por universidades e faculdades públicas e privadas de Pernambuco. São profissionais que atuam nas várias redes de ensino e lecionam na educação básica e no ensino superior. Os resultados permitem constatar que, para além de elementos constitutivos da identidade, a formação é algo extremamente valorizado pelo professor. Ressalta-se ainda, como resultado relevante deste estudo, a influência da formação continuada sobre a identidade profissional. A condições de trabalho do professor, a falta de reconhecimento e valorização social é patente em seus depoimentos. Inerente à identidade docente, a crise se manifesta no cotidiano desses professores através da baixa auto-estima e do pouco reconhecimento de si pelos outros. Desse modo, os resultados demonstram que não é o papel assumido socialmente, o ser professor que incomoda. É, sobretudo, o desprestígio social e progressiva degradação da profissão e da sua identidade social que os deixa desmotivados.

Palavras-chave


formação continuada; identidade; professor

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.