A Abordagem Centrada na Pessoa na história da psicologia no Brasil: da psicoterapia à educação, ampliando a clínica

Ronny Francy Campos

Resumo


Partindo, prioritariamente, de entrevistas realizadas com alguns profissionais (psicólogos e educadores) que trabalham ou já trabalharam com a Abordagem Centrada na Pessoa, discorro sobre como está organizada a proposta rogeriana de psicologia no Brasil. As questões principais a serem consideradas neste artigo dizem respeito à entrada, no Brasil, da proposta de uma psicologia como a rogeriana e a que tipo de subjetividade ela possibilita constituir. Dialogo, especialmente, com uma tese muito difundida no Brasil: a de que os psicólogos rogerianos brasileiros deixaram (ou evitaram) de considerar fatores cruciais como o “social” e o “político” e que, portanto, a psicologia por eles praticada é distante da realidade, sendo, em termos gerais, a-histórica.

Palavras-chave


psicologia clínica e educacional; história da psicologia no Brasil; Abordagem Centrada na Pessoa

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.